MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÕES E COMUNICAÇÕES

Current Style: Standard

Current Size: 100%

Portifólio Tecnológico

Visualizar por Instituição Categoria

Título

Composição e uso de extrato etanólico de Aspidosperma Nitidum como agente antiplasmódico

Na região amazônica, muitas plantas ricas em alcalóides são utilizadas no combate à malária, dentre elas as espécies do gênero aspidosperma. A aplicação do extrato como antiplasmódico contribui no enfrentamento da malária, doença causada pelo parasita plasmodium, e transmitida aos seres humanos durante o repasto sanguíneo da fêmea do mosquito Anopheles. Desde o século XVII informações etnobotânicas vêm contribuindo para a descoberta de fármacos antimaláricos, a exemplo da quinina (alcalóide) e da artemisinina (lactoa sesquiterpênica).

Contato